Sexta-feira, 27 de Junho de 2008

BOM FIM DE SEMANA

Se com flores se fizeram revoluções
que linda revolução daria este canteiro!

Quando o clarim do sol toca a matinas
ei-las que emergem do nocturno sono
e as brandas, tenras hastes se perfilam.
Estão fardadas de verde clorofila,
botões vermelhos, faixas amarelas,
penachos brancos que se balanceiam
em mesuras que a aragem determina.
É do regulamento ser viçoso
quando a seiva crepita nas nervuras
e frenética ascende aos altos vértices.

São flores e, como flores, abrem corolas
na memória dos homens.

Recorda o homem que no berço adormecia,
epiderme de flor num sorriso de flor,
e que entre flores correu quando era infante,
ébrio de cheiros,
abrindo os olhos grandes como flores.
Depois, a flor que ela prendeu entre os cabelos,
rede de borboletas, armadilha de unguentos,
o amor à flor dos lábios,
o amor dos lábios desdobrado em flor,
a flor na emboscada, comprometida e ingénua,
colaborante e alheia,
a flor no seu canteiro à espera que a exaltem,
que em respeito a violem
e em sagrado a venerem.

Flores estupefacientes, droga dos olhos, vício dos sentidos.

Ai flores, ai flores das verdes hastes!
A César o que é de César. Às flores o que é das flores.

António Gedeão

 

 

(foto da Net)

publicado por adnirolfpa às 07:45
link do post | diz lá.... | favorito
|
6 comentários:
De Blue Eyes a 27 de Junho de 2008 às 12:32
Poema bonito!
Dia lindo!
Um bom fim de semana! E por favor, não te esqueças de tomar conta do meu banquinho, tá?

Um beijinho e até ao meu regresso!
De adnirolfpa a 30 de Junho de 2008 às 14:22
...boas ferias.
E faz o favor de aproveitar bem!!!!!!!!!!
beijinho
De Amga Anjo a 27 de Junho de 2008 às 23:21
Boa noite amiga!
Tu e os teus poemassss.
César?? Estou a descobrir tudo lol.
Beijinhos minha nova amiga do blog, passa no meu blog, vais ter uma surpresa.
Passa no "Cantinho do Céu".
Beijinhos e fica com Deus!
De adnirolfpa a 30 de Junho de 2008 às 14:24
...(a César o que é de César é uma expressão....)
Já passei por teu celestial cantinho e agradeço-te muito a honra com que me distinguiste. Mal possa dou continuidade.
Beijinhos
De linhaseletras a 30 de Junho de 2008 às 14:09
Lindo este poema, um belo hino ás flores, para todas em geral que são todas belas.
As flores são como as mulheres, também não há flores feias, só há umas mais bonitas que outras, eu pessoalmente gosto de todas, como a minha amiga também concerteza .

Até logo
De adnirolfpa a 30 de Junho de 2008 às 14:28
...a Natureza é a mais bela expressão da vida.
beijinho e obrigada pela visita

diz lá...

.EU

.pesquisar

 

.Dezembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30
31

.Se bem me lembro...

. Santo e Feliz Natal

. Hibernar na Primavera????

. Patrick Swayze

. com simpatia......

. um dia de cada vez...

. Tristeza......

. Confiar.....ou não.

. SANTA PASCOA

. Coisas pequenas.

. A Saga dos Nossos bichos ...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.favoritos

. ZHANG ZEN

. *Desfile de Rosas...by Ad...

. A VIAGEM (3º Soneto da Co...

. Ave ferida

. O PALÁCIO DE SAL

. Alguém escreveu assim ......

. ... E SE EU NÃO DIGO ÁMEN...

. O Herege

. ABC Poético

. Calor Frágil...

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds