Quarta-feira, 11 de Fevereiro de 2009

Entre o Silencio e a Vertigem

http://www.youtube.com/watch?v=N7qq949j7Ps

 

ENTRE O SILENCIO E A VERTIGEM

Nuno Norte

 

Sim esta é a minha rua
a minha sala, o meu quarto, o meu colchão
em vez de janelas há estrelas
e o tapete o passeio, as pedras do chão
o candeeiro a luz da lua
o cobertor caixas forradas de papel
em vez de vontade o cansaço
em vez de um beijo, o vento rasga-me na pele

Talvez um dia possa ser
Tudo o que meu sonho quiser
e assim chegue ao pé de ti 
Talvez um dia posso ser 
Talvez um dia eu possa querer
acordar-me a mim

Sim esta é a minha vida 
dois braços baixos aí estendidos no chão
entre o silêncio e a vertigem
sorriso gasto sem calor no coração
o sol não nasce apenas passa
o tempo cai sem nada desenhar no céu
arrasto pegadas na alma
olho pra traz e vejo não há nada meu...

Pedro Granger

melodia: a ouvir
publicado por adnirolfpa às 15:01
link do post | diz lá.... | favorito
|

.EU

.pesquisar

 

.Dezembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30
31

.Se bem me lembro...

. Santo e Feliz Natal

. Hibernar na Primavera????

. Patrick Swayze

. com simpatia......

. um dia de cada vez...

. Tristeza......

. Confiar.....ou não.

. SANTA PASCOA

. Coisas pequenas.

. A Saga dos Nossos bichos ...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.favoritos

. ZHANG ZEN

. *Desfile de Rosas...by Ad...

. A VIAGEM (3º Soneto da Co...

. Ave ferida

. O PALÁCIO DE SAL

. Alguém escreveu assim ......

. ... E SE EU NÃO DIGO ÁMEN...

. O Herege

. ABC Poético

. Calor Frágil...

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds