Quarta-feira, 7 de Maio de 2008

Telepatia III

Nunca mais voltei ao café.
Não sei se por vergonha, se apenas por receio de mais alguem 
ter conectado meu pensamento.
Mas sempre que levava uma chávena aos lábios,
o aroma forte e penetrante
avivava memórias e invariávelmente ruborizava.
Tinha que ter a certeza.
Estava nestes pensamentos envolta,
sentada na esplanada,
o vento despenteando-me,
a maresia humedecendo os olhos fechados,
quando estremeci.
Frio?...estranho, estava sol.
Morno embalando, não me apetecia abrir os olhos.
O arrepio subia as costas e
quando a nuca se empertigou
abri a contragosto...
Hãaaaaa????
o vulto no areal.........não..não podia ser.
Mas...
Ah esse olhar.....
Voltei a fechar os olhos
E dizia a mim própria que era alucinação.
Não resisti,
Voltei a olhar.
Caminhando na minha direcção
O beijo que não demos em teu olhar....
Levantei-me e, quase fugindo, saí dali.
Não,
Eu só quero no pensar!!!!!
Por cima do ombro voltei a espreitar,
Já não te vi...
mais uma vez partilhamos .....
não sei bem o quê
(foi bom reencontrar.)
                                                  
                                                     (F.A.ficção)
publicado por adnirolfpa às 14:23
link do post | diz lá.... | disseram... (3) | favorito
|
Segunda-feira, 10 de Março de 2008

TELEPATIA II

Voltei ao café...
Os olhos no chão, tão receosa
E tão desejosa de te voltar a ver
Sentir.
Sentei-me.
Lentamente olhei em volta,
O coração saltava,
Não te via.
Como fiquei......
...
A parta abriu e.....
Quase desfaleci.
Entraste, o teu olhar
procurando o meu
Como se adivinha-se....
Sentaste-te, o olhar preso no meu.
Senti que me envolvias,
com os braços, os lábios
o corpo todo palpitando...
Tremia.
Sentia o teu cheiro o teu toque.
...
"pst....quer o café cheio ou curto?"
...
Hã???
....
Já não estavas lá.
                                                          (F.A.ficção)
hoje estou....: inspirada
publicado por adnirolfpa às 14:26
link do post | diz lá.... | disseram... (8) | favorito
|
Quinta-feira, 6 de Março de 2008

Telepatia I

Sentada na mesa de café, a solidão batendo
os pensamentos voavam, deixei-me a vaguear
De repente meus olhos bateram nos teus
intensos profundos, um olhar quente.
Não desviei
Deixei a alma voar.
De repente senti no espaço que separava
uma tensão tão forte que nada mais existiu.
Fechei lentamente os olhos
Senti. Senti teus lábios se aproximarem dos meus
Veludo intenso quente, como descarga eléctrica
entreabri os meus numa ânsia fremente.
Quase sentia teu toque, teu hálito fresco
....
Estremeci
Abri os olhos ruborizada,
Olhavas
Desvias-te os teus com um sorriso discreto.
E eu entendi.
O beijo que não dei
O beijo que era meu
Também foi teu.
Levantei e saí
Envergonhada.
                                                             (F.A. ficção)
hoje estou....: Inspirada
publicado por adnirolfpa às 06:59
link do post | diz lá.... | disseram... (5) | favorito
|

.EU

.pesquisar

 

.Dezembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30
31

.Se bem me lembro...

. Telepatia III

. TELEPATIA II

. Telepatia I

.arquivos

.tags

. todas as tags

.favoritos

. ZHANG ZEN

. *Desfile de Rosas...by Ad...

. A VIAGEM (3º Soneto da Co...

. Ave ferida

. O PALÁCIO DE SAL

. Alguém escreveu assim ......

. ... E SE EU NÃO DIGO ÁMEN...

. O Herege

. ABC Poético

. Calor Frágil...

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds